Dois dias, três estados!

25 out

Olá viajantes!

No começo da viagem, a coisa foi meio corrida, verdade. Estávamos apreensivos: era muito espaço para percorrer em pouco tempo!

Como o destino final era o litoral do Uruguai, não reservamos hotéis nem pesquisamos muito sobre o caminho. E esse é um erro que vocês podem corrigir em seus planejamentos!

São Paulo-Lages

E lá vamos nós para o primeiro dia de viagem!

Primeiro dia: Curitiba/PR e Lages/SC

Saímos de São Paulo (zona norte) em 1º de outubro, por volta das 8h30. Como saímos tarde, acabamos pegando um pouco de trânsito até a Rodovia Régis Bittencourt (BR 116). O plano era almoçar em Curitiba e dormir na cidade mais distante que pudéssemos alcançar – dormimos em Lages/SC. O custo dos pedágios até Curitiba/PR é de R$ 10,80 (6 pedágios de R$ 1,80), e de lá até Lages/SC é de R$ 16,50 (5 pedágios de R$ 3,30).

De acordo com o Google Maps, são 769km e o tempo de viagem é de quase 10 horas. Como nós paramos para almoçar e fizemos mais umas paradas para esticar as perninhas, chegamos à Lages por volta das 22h.

Usamos o GPS para achar hotéis, mas não deu muito certo. Dormimos no hotel IBIS de Lages, que é na primeira avenida entrando na cidade, por R$ 129 a diária, sem café da manhã. O valor e as fotos no site condizem com a realidade – o atendimento é meio frio, mas não deixa nada a desejar; como no hotel não se serve jantar, eles ofereceram uns folhetos de lugares que entregam comida e emprestaram pratos e talheres; as tomadas estão no novo padrão brasileiro, então LEVE BENJAMINS! Esquecemos os nossos, mas o recepcionista do hotel nos emprestou um para carregar as baterias das câmeras. 🙂

No dia seguinte, carro abastecido, baterias recarregadas e corpinhos descansados, partimos de Lages às 8h30 com destino à nossa próxima parada, Rio Grande/RS.

Muita terra e muita água para atravessar!

Segundo dia: Caxias do Sul/RS e Rio Grande/RS

O roteiro do segundo dia tinha 652 km, a serem percorridos em 8 horas e meia. A idéia era almoçar em alguma das cidades do caminho, para não perder tempo saindo de perto da BR116.

O problema é que já era muito tarde quando decidimos parar para almoçar (por volta das 15h), e quase todos os restaurantes pelos quais passávamos estavam fechados! Andamos bons quarteirões dentro da cidade para conseguir achar um lugar para almoçar. Mas a nossa teimosia paulista era maior. Achamos!

O restaurante chama-se BAURU, está na Rua Luiz Michielon nº 2060, em Caxias do Sul/RS. O telefone, se precisarem, é (54) 3212-1542 (achei no Google Street View! Fiquei mega feliz! rs).

O dono nos disse, meio sem jeito, que ainda tinha um pouco de comida, mas que precisaria ir buscar arroz em um vizinho pois o seu havia acabado. Nos disse que só servia prato feito e que o prato custava R$ 12. Como “para quem não tem nada, a metade é o dobro”, aceitamos de bom grado o prato feito. Cerveja Polar para os meninos e Coca Cola KS para as meninas.

Prato feito gaúcho e cerveja Polar! 😉

Aí está a foto do prato feito: arroz, feijão preto, repolho refogado, polenta, macarrão com molho bolonhesa, bife, salada de batatas e salada de alface, tomate, pepino e beterraba, um atendimento bacana e comer até estufar por R$ 12,00, e ainda com wi-fi grátis. Achamos fantástico!

Depois do almoço maravilhoso, corremos para Rio Grande. Chegamos tarde, verdade (por volta das 22h30). Mas desta vez fomos mais espertos e procuramos hotel ainda na hora do almoço. Dormimos em um Hotel, que já foi um Motel, chamado “Amor Gaúcho”! Quando ligamos, a atendente disse “Hotel Gaúcho, boa tarde!”, mas em todos os sites e no Booking, o hotel consta como “Amor Gaúcho”.  🙂

Amor puro! 😉

Vou colocar as resenhas, preços e dicas dos hotéis no nosso Guia de Hospedagem, tá?

Achamos o hotel através de um aplicativo para celular, o Booking.com, que vocês também podem acessar por aqui. Aliás, através do Booking, além de achar os hotéis da região, dá pra fazer a reserva com pagamento através do cartão de crédito. Um “adianto”! rs

Jantamos lanches maravilhosos no Mister X (endereço aqui) – atenção: lanches imensos! Um lanche alimenta duas pessoas tranquilamente! Ó:

Um mega lanche. Bem maior do que a minha fome! :-O

Depois de um dia inteiro de viagem e um lanche desses, fomos dormir né?! Ninguém é de ferro! rs

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: