PRAIA DE GALHETAS E CACHOEIRA DE GALHETAS – PARATY/RJ

8 mar

Viagem Limpa

 

Então gente, na verdade a trilha que parte da Praia do Sono atravessa toda a Ponta da Joatinga, e a próxima praia depois de Antiguinhos é Galletas.

A TRILHA

Tendo sempre em mente que o pior é o começo, o resto é apenas… difícil, rs! Mas é bom lembrar que nossas impressões foram encharcadas pela chuvinha renitente da virada 2010/2011. Talvez com tempo seco essa trilha não seja tãããããão terrível assim e caia uns 100 níveis na nossa classificação! Um dia havemos de refazer este percurso sob um sol escaldante, kkkkkkkkkkkk!!!!
Mui biem: voltando pelo acesso à Antiguinhos, margeando o riozinho, chega-se novamente à bifurcação da trilha, à esquerda é o caminho de volta à Antiguinhos e Praia do Sono, e seguindo à direita, sempre em frente (subindo e descendo, descendo e subindo, etc, etc, etc…) logo se encontra nova bifurcação que leva à Cachoeira de Galetas (esquerda) ou à Praia de Galhetas (direita).

CACHOEIRA DE GALHETAS

Temos que nos repetir, o acesso é complicado mesmo! Barranco inclinadésimo, raízes soltas, pedras soltas, se preparem para o rolê, é ruts!
Chegando à margem do rio, a pergunta que não quer calar: SIM MAS, CADÊ A CACHOEIRA????

Então? Cadê a cachoeira???

Chegamos a lamentar tanto esforço por nada, então trata-se de um poço com uma pequena queda e não de uma cachoeira? Ah tá!

Mas isso não é cachoeira ué?!?!?!

Mas olhando além das aparências… lá está ela, escondida atrás da rocha e excelente para uma hidromassagem!!!

Ahááááá!!! Querendo nos enganar escondidinha atrás da pedrona né???

A partir da cachoeira, existem dois caminhos para a Praia de Galhetas:

1 – atravessando o rio e pegando uma trilha suave na margem oposta à que se chegou à cachoeira;

Pouca água, pouca correnteza e muuuuita pedra!!!

2 – voltando pelo mesmo ponto de acesso até a bifucação,  seguindo à esquerda (o caminho à direita leva de volta à Antiguinhos) e atravessando a ponte sobre o rio.

Que lindo né?!

PRAIA DE GALHETAS

Também conhecida como Saco das Galhetas, linda e surpreendente, mas não se parece nada com as nossas típicas praias tropicais, cheias de verde. Na verdade, ao atravessar a ponte sobre o rio e ter vista para o mar, pensa-se ter chego à alguma praia grega.

Gente!!! Não parece uma praia grega???

Gente, não tem areia, só pedras e mais pedras! Pedrinhas, pedronas, pedras médias, de todas as colorações e consequentemente diversas composições minerais, coisa de louco!!!

Gente, que diferente!!!!!!!!!!!!

E o mais interessante de tudo na vida: a maioria das pedras são de tamanho médio a grande e  muito arredondadas, tal como pedrinhas de rio, o que leva a pensar que há milhões de anos o fluxo de água neste rio devia ser tão intenso que Serra da Bocaina quase veio abaixo!!!

Quanta água pra rolar essas pedras! Quase que a Serra da Bocaina veio abaixo!!!!



Ah, gente!!! Se vcs se esforçarem bastante (oops! Falhamos no enquadramento,rs!), verão uma construção à esquerda, ao lado da trilha para Ponta Negra.

Trilha para Ponta Negra e à esquerda, pousada

 No reveillon 2011 esta pousada alugava chalés para casais por 1.000 dinheiros o pacote (5 dias e pensão completa), mas a má notícia é que não temos o telefone de contato (foi mal!!!)! Pelo menos sabemos informar que o transporte do Condomínio Laranjeiras até Galhetas custa 30 dinheiros cada pessoa, já é alguma coisa né gente!?
Do alto da trilha, um  último olhar para Galhetas:

Da trilha para Ponta Negra, vista da Praia de Galhetas

Vão logo pra lá! É tudo de bom!!! Veja aqui as FOTOS, FOTOS, FOTOS!!!

Bjo gente!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: