TRINDADE – PARATY

12 jan

Feliz ano novo molhado pra vcs, que como nós, devem estar embolorados!

Viagem limpa!Mas falemos de uma viagem feliz num tempo não muito distante, onde os dias eram ensolarados, a gente podia ficar peladinho (ou quase!) e pra ver água em quantidade tínhamos que buscar mares e cachoeiras!  Neste astral, no comecinho de dezembro/2010, voltamos à belíssima Trindade do “ninguém dorme”.

Sabe-se lá o por quê, mas desde que a conhecemos em 2000 (pois é, já faz um tempinho que estamos na estrada, rs!) e talvez desde sempre, em qualquer horário e simplesmente do  nada aparece  um maluco gritando, mas gritando mesmo: NINGUÉM DORME!!!!!!!

Dormindo ou não, o fato é que há muita coisa pra se fazer lá, à noite nos botecos ou nos famosos luais que rolam na praia, e principalmente durante o dia, quando é possível explorar suas muitas paisagens.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Malabares sem semáforo!

Nos anos 70 a construção da Rio-Santos trouxe ao povoado caiçara de Trindade boas e más notícias: a galera paz e amor que a transformou num reduto hippie (alguma coisa como uma São Tomé das Letras com praia) e contribuiu para a geração de renda, mas também uma multinacional reclamando  a área para a construção de um condomínio de luxo. A população acrescida de alguns malucos beleza e outros tantos gringos apaixonados, venceram a briga e botaram os latifundiários pra correr (particularmente, pensamos que eles não correram para muito longe, haja vista a proximidade do Condomínio Laranjeiras, embora qualquer semelhança possa ser mera coincidência,rs!). Na mesma época,  foi criado o Parque Nacional da Serra da Bocaina, abrangendo 104 mil km² entre SP (Cunha, Areias, S. José do Barreiro) e Rio de Janeiro  (Paraty e Angra dos Reis). Algumas áreas foram desapropriadas em função da preservação ambiental, impossibilitando algumas atividades lucrativas da população como estacionamento e camping. Salvos os problemas socioeconômicos, algumas melhorias são notórias como a manutenção das trilhas e o reflorestamento.

População descontente com as medidas de preservação ambiental

Com a pavimentação do Deus me Livre (Morro pelo qual passa a estrada de acesso, sendo  4km de subida e 4km de descida com muitos buracos no trecho próximo à praia), o turismo trouxe o progresso e um público bastante diversificado, tal como aconteceu à S. Tomé, que já não é só para loucos (como cantava o Ventania,rs!) e recebe frequentes excursões da melhor idade.

O QUE É IMPORTANTE SABER PARA CONHECER:

DISTÂNCIA:  314 km de São Paulo, km 158 da Rod. Rio Santos

CAMINHOS A SEGUIR DE BUSÃO: Do Terminal Rodoviário do Tietê, pela viação  Reunidas, até a Rodoviária de Paraty e de lá pela Viação Colibri até Trindade

QUANTOS DINHEIROS CUSTA A VIAGEM DE BUSÃO: R$ 44,82 até Paraty e mais R$ 3,00 até Trindade.

QUNTO TEMPO DEMORA A VIAGEM DE BUSÃO: 6 horas até  Paraty e 1h30min até Trindade

CAMINHOS A SEGUIR DE CARRO:***pela Dutra: até São José, acesso à Rod. dos Tamoyos até Caraguá, seguindo pela Rio-Santos até km 158 , Bairro do Patrimônio. sobe o morro Deus me Livre e no alto,na bifurcação, continua à direita.**Pela Dutra até Taubaté, acesso à Rodov. Osvaldo Cruz até Ubatuba, segue pela Rio-Santos até km 158 e assim por diante.**Pela Ayrton Senna, segue a Tamoyos, passando Caraguá, Ubatuba até o km 158 e assim por diante.

QUANTOS DINHEIROS PAGOS EM PEDÁGIOS: Pela Dutra são 8,70 dinheiros e pela Ayrton Senna apenas 4,70 dinheiros.

LINKS PARA MAIS INFORMAÇÕES (OU PARA INFORMAÇÕES MAIS ÚTEIS, AHAHA!!!):

 Paraty-Trindade

NOSSA MODESTA OPNIÃO:

CAMPINGS: Invariavelmente funcionam no quintal das casas, com diárias que variam de R$ 10,00 a R$ 25,00, a maioria com banho quente. Em feriados prolongados os mais próximos da praia (Cepilho) chegam a cobrar R$ 50,00 a diária.

POUSADAS: Tem pra todos os bolsos e em algumas é possível fechar com ou sem café da manhã. Em baixa temporada é possível pagar o mesmo  valor de diária num camping, sem a necessidade de reserva, aliás dá até pra pagar uma única diária (por exemplo de sábado para domingo) sem rigidez nos horários de check in e check out. Já na temporada é preciso reservar antecipadamente e nos feriados prolongados são fechados pacotes com  preços que variam  de três a cinco vezes mais que o normalmente praticado.

SUPERDICA PARA QUALQUER TIPO DE HOSPEDAGEM: “BARGANHA”, gente não tenha vergonha, pechinche pra se dar bem, sempre funciona! Consultem o nosso guia de hospedagem!

ONDE COMER:  Um PF custa em média R$ 10,00 e a cerveja de garrafa nos botecos da praia sai na faixa de R$ 5,00. Dá pra matar a fominha da manhã com um café com leite por R$ 1,50, pão com manteiga na chapa por R$ 2,00 e lanches diversos variam de R$ 3,00 a R$ 5,00. Os preços não são abusivos, com excessão para a água mineral, garrafa de 500ml por R$ 3,00 e de 1litro por R$ 5,00!

SUPERDICA PARA COMER BEM: *****Refeições no restaurante Loucos e Malucos, atendimento excelente e P.F. gigante com feijãozinho tudo de bom (e o melhor, pelo menos no nosso caso porque adoramos feijão: à vontade). *****Café-da-manhã no boteco em frente à padaria, o pão com ovo é divino! *****Se vcs estiverem afim de uma breja e um petisquinho gostoso por um preço justo na Praia do Meio, prefiram o barzinho à esquerda da entrada da praia (é o primeiro boteco da praia e o único à esquerda de quem chega pela trilha), enquanto a porção de camarão varia de R$ 45,00 a R$ 64,00 nos outros botecos, lá paga-se apenas R$ 29,00 (mesmo tamanho e quantidade).

COMÉRCIO EM GERAL: Tudo funciona na Rua do Meio, a rua principal que parece evoluir para um boulevard. Há vários restaurantes, mercadinhos, botequinhos e muitas lojas de “moda praia” com preços bastante realistas,,uma havaianas custa R$ 12,50 e uma canga R$ 15,00. É possível comprar de um tudo lá, até aquelas medonhas bóias de orca, affff!!!

COMUNICAÇÃO: Ninguém fica isolado do mundo, tem sinal para todas as operadoras e internet wi-fi em muitos restaurantes e pousadas.

TEMPO NECESSÁRIO PARA CONHECER TRINDADE DE CABO A RABO: 4 dias em ritmo acelerado, 5 dias de boa!

O QUE TRINDADE TEM DE BOM: tudo, claro!

PRAIA DO CEPILHO

PRAIA DE FORA

PRAIA DAS CONCHAS

PRAIA DO MEIO

PRAIA DAS FIGUEIRAS

PRAIA DO CACHADAÇO

PISCINA NATURAL DO CACHADAÇO

CACHOEIRA VÉU DA NOIVA

PEDRA QUE ENGOLE

PEDRA DA CABEÇA DO ÍNDIO

NOSSO CONSELHO (de graça!): assim que parar de chover, se é que vai parar um dia, corram prá lá gente, é tudo de bom!

Bjos gente!

Anúncios

6 Respostas to “TRINDADE – PARATY”

  1. Cristiane 13/12/2011 às 18:14 #

    Trindade é o paraíso, vale a pena conhecer, o lugar é lindo, os caiçaras são super gente fina, MARAVILHOSO

    • Jose Francisco Silvestre 18/04/2012 às 17:39 #

      Fui a Paraty por 3 vêzese numa delas conheci Trindade. Que coisa mais linda!!!!!!!!!!!!!!!

      • Flávia 19/04/2012 às 10:21 #

        Não é mesmo?!?!?!
        É um daqueles lugares que se tem de voltar de vez em quando.
        José Francisco, se tiver oportunidade, faça a trilha da Cabeça do Índio, o visual é maravilhoso.
        Obrigada pela visita, bjos!

  2. Flávia 15/12/2011 às 09:02 #

    Olá Cristiane! Seja benvinda ao nosso blog, bjo!

  3. Viviane saldanha 05/12/2013 às 10:59 #

    Ahh bateu uma saudade, fiquei uma mês la em 1993… E voltei outras vezes…Conheci o ninguém dorme real rsrs…Pedra que engole, caichadaço, praia do meio, cachoeiras, bar do guadalupe, ..Ah saudades…

    • Flávia 11/12/2013 às 10:31 #

      Oi Viviane! Trindade é tudo de bom mesmo!
      Obrigada pela visita! Bjo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: