Benvenidos a las Cataratas del Iguazú!

29 dez

Gente, é humilhante  mas nós temos que admitir nossa ignorância: para nós,“Cataratas” e “Brasil” eram sinônimos! Só às vésperas da viagem é que descobrimos  a existência das …“Cataratas Argentinas”.

Hein??? Então a gente divide as  NOSSAS cataratas com os  A R G E N T I N O S???

Pior que é! E nessa,  los hermanos levaram a melhor:  a fronteira divide as águas do rio Iguaçu nos deixando  apenas  e tão somente 800 m da largura das cataratas, contra 1900 m  para o lado deles. Bem, pelo menos somos PENTACAMPEÕES! Ahahahahahahahaha!!!!

Bem, deixemos de lado nossas divergências futebolísticas e vamos ao que nos une:

  • 275 quedas d’água (Bosseti, Duas Irmãs, San Martín, Adão e Eva, Três Mosqueteros,  Rivadavia, etc, etc, etc…)  formam uma única paisagem geológica;
  • A área do entorno foi transformada em parques nacionais nos dois países e  somam ± 250 mil m²;
  • Tombada pela UNESCO em 1984 como Patrimônio Natural da Humanidade;
  • Em épocas de cheia é a 3ª maior do mundo;
  • Normalmente tem a vazão de 1500 m³/s, mas  na seca reduz para 1/3 desse volume. Já no período de chuvas pode chegar  a 6500 m³/s, o que significa que se poderia encher uma piscina olímpica a cada 5 minutos!

Gente, pensa nisso: há 150 milhões de anos todos os continentes estavam unidos e de repente (o centro do planeta fervendo e placa tectônica se movendo  prá lá e pra cá,  empurrando a vizinhança  tipo trem da CPTM  às 07h da manhã), resolveram se separar. Sente o drama: é montanha se levantando; massa de água que se desloca mudando o curso dos rios e criando oceanos;  vulcão em erupção  fazendo mais bagunça que pipoca estourando em  panela destampada e por aí vai! Nesse  fuzuê todo formou-se o planalto paranaense  e muitos milhões de anos depois  de água mole em pedra dura, a erosão esculpiu o leito do Rio Iguaçu, expondo os degraus de composição da rocha e formando as cataratas, olha só:

Degraus esculpidos na rocha

E o melhor  é que  lá do lado argentino dá pra explorar toda a paisagem percebendo essas alterações no relevo! Eles criaram três roteiros:

Acessos, trilhas, passarelas, rafting, etc…

GARGANTA DO DIABO – O nome tem tudo a ver! 1700 m de passarela sobre o rio Iguaçu levam até a cabeceira das cataratas. De lá se vê  lindos arco-íris formados pelas nuvens de vapor e passarinhos  insanos mergulhando nas quedas.

O que impressiona:

  • TUDO!!!  Parece que o  rio vem despreocupada e silenciosamente(não se  ouve um pio de correnteza ao atravessar a passarela) , numa velocidade regular como quem não quer nada até chegar na margem da queda, pra de lá se jogar violenta e escandalosamente. Gente,  lembra uma máquina de lavar furiosa, um liquidificador frenético, ou coisa parecida!
  • TUDO!!! Esse ponto onde o rio parece ter nuvens e o céu parece ter água!!!
  • TUDO!!! Os arcos-íris tem cores muito vívidas, a nuvem de vapor é tão densa que até parece que dá pra pegá-los;
  • TUDO!!! A taxa de mortalidade de passarinhos por suicídio deve ser altíssima!!!!

 

Gente, pensa: um liquidificador frenético batendo céu com água e rio com núvem!

CIRCUITO SUPERIOR – passarela com 1200 m de extensão, oferece  vista da ilha e  do canion.

O que impressiona:

  • TUDO!!! Em vários trechos, olhando à direita se vê esse rio dissimulado vindo de mansinho  por entre pedras,  parece que o nível da água deve  ir até os joelhos  e dá vontade de entrar; nos mesmos pontos,  da  esquerda vem aquele barulhão ininterrupto , mas barulhão meeeesmo!

  • TUDO !!!! A passarela passa sobre a cabeceira das quedas, em algumas é preciso se inclinar pra tirar uma fotinha!!!

CIRCUITO INFERIOR – via escada ou passarela, percurso com 1700m de extensão, com ponto de descanso, acesso a banheiros, telefones e lanchonete.
 O que impressiona:
  • TUDO!!! Especialmente a  proximidade que se pode ter da água no Salto Duas Irmãs e no Salto Bosseti, é impossível ficar seco e o coração vai a milhão!!!
  • TUDO!!! A vista maravilhosa de quase todo paredão de água, desde o lado brasileiro!
  • TUDO!!! O barulho, gente!!! Barulhãããããããão!!!
  • TUDO!!! Observar a violência daquela água!!!!!

Tudo de bom!!!

O QUE VOCÊ PRECISA SABER PRA IR TAMBÉM:

  • Nem um pouco bobos,  Los Hermanos aceitam qualquer moeda (real, dólar, euro, etc), mas só dão o troco em pesos (no parque não há agência de câmbio, mas é possível fazer a troca na Aduana Argentina);
  • Devido a valorização do peso, o passeio de barco é mais barato e, segundo depoimentos, muito mais emocionante do lado argentino;
  • O parque funciona das  8 às 18h e lá não há horário de verão, então ganha-se uma hora a mais pra aproveitar;
  • Nós fomos de táxi, saindo  do Parque das Aves por R$ 80,00 e voltamos de ônibus (De dentro do Parque Argentino até uma rodoviária onde se toma outro, Linha Porto del Iguazu – Ciudade del Leste, total R$ 8,00);
  • Gente, quando vocês forem, NÃO ALIMENTEM OS QUATIS!

Hamburgueres, lanches e doces podem prejudicar a saúde dos animais silvestres além de desabituá-lo a conseguir seu próprio alimento.

Gente, até parece mas não é brincadeira, TUDO (absolutamente tudo) é impressionante e  superlativo.

A Ju costuma dizer que esse tipo de beleza é opressora, uma outra amiga diz que é do tipo de beleza dói, talvez por isso  a gente se sinta tão pequenininho e tão emocionado.

Gente, vcs têm que ir!

Bjo gente! Feliz Ano Novo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: