São Sebastião/SP

26 nov

Feriado é mesmo tudo de bom! Ainda mais quando é prolongado, como foi este da Consciência Negra, dia 20/11, em São Paulo. Confesso que não havíamos planejado nenhuma viagem, mas a saudade do mar já estava batendo forte…

Eis que surge um dos queridos e lança: “Bora pra Boiçucanga?”. A oferta era tentadora, mas a grana anda meio curta… como a praia já é velha conhecida nossa (e muito querida, por sinal), decidimos apertar o botão “F” e vambora! Já havíamos comentado que conhecemos pouco das praias de São Sebastião, e estava na hora de visitá-las!

Muito sol, praia lotada!

Para quem nunca foi, Boiçucanga fica no municío de São Sebastião/SP, Litoral norte. É uma praia muito bonita e está ficando bem popular, pelo que vimos neste feriado. É também um bairro do distrito de Maresias, do mesmo município. Em tupi-gurani, Boiçucanga significa “cobra de cabeça grande” e recebeu este nome pela semelhança da formação montanhosa em seu canto esquerdo (não esta da foto, do outro lado).Olha aí a praia vazia!

Desta vez, fomos com um casal de amigos. Eles ficaram hospedados na Pousada Boiçucanga, que custou R$ 280,00 o período de 20/11 à 22/11, para o casal, com café da manhã incluso; nós, os campistas que não se importam com menos conforto, ficamos no Camping do Vovô Kida, que fica na beira da praia (falo mais sobre o camping na sessão “Onde ficar, onde não ficar”).

Nossos dias foram bem aproveitados, embora no sábado tenha chovido um pouco de manhã. Chegamos em Boiçucanga às 3h30 da sexta-feira. Dormimos e por volta das 10h fomos para a praia. Estava lotada! Tostamos no sol até aproximadamente 14h, quando fomos procurar um lugar para comer. A saber: Boiçucanga é uma praia consideravelmente desenvolvida, tem muitas lojas, restaurantes, um supermercado e um pequeno shopping, onde se pode tomar milkshake de Ovomaltine no Bob’s. Almoçamos por R$ 9,00 o PF.

De tarde, decidimos aproveitar o sol para visitar a Cachoeira do Ribeirão do Itu, já falei sobre ela no post que linkei aí, confiram. O estacionamento do Cícero é o que sempre usamos pra deixar o carro – ele cobrava R$ 5,00, mas agora aumentou pra R$ 8,00. Dêem uma chorada no preço pra ver se ele dá um desconto!

De noite, música no shopping, casquinha do Bob’s, conversas, risadas e sono!

Apesar de amanhecer garoando no sábado, pudemos aproveitar bem o dia. Não madrugamos nem nada, mas como estava calor ainda, decidimos visitar algumas praias da região. Começamos por Juqueí (ou Juquehy, ou Juquey, não sei – vi escrito de várias formas). A praia é muito bonita, mais plana do que as outras, com muitas pousadas e restaurantes. Também tem vários barzinhos, e rolam baladas à noite. Recomendamos. Uma pena que não tinha sol… não dá para vocês terem noção da beleza sobre a qual estamos falando.

Depois de Juqueí, almoçamos e paramos em Barra do Una. Sempre ouvi falar dessa praia, mas nunca tive a oportunidade de parar para conhecê-la. Barra do Una tem um grande rio, com entrada pelas duas margens. O rio encontra com o mar no final da praia, formando uma mistura muito interessante de cores e temperaturas nas águas.

É uma paisagem muito bonita!

O espaço entre uma margem e outra é bem vasto, mas vimos um homem cruzando à pé. Não quisemos tentar por vários motivos (principalmente por não saber se dava pé mesmo – Eric e eu não sabemos nadar – mas fica aí mais uma linda paisagem na memória.

Vi o salva-vidas o tempo todo na praia (pelo menos enquanto estávamos por lá), então achamos a praia bem segura. Várias famílias por ali, brincando com as crianças na água. O mar estava um pouco agitado, mas dava banho, conforme a bandeira verde da Cetesb, que vimos em todas as praias que visitamos. Não sabe do que eu estou falando? Clique aqui.

Pois bem, depois de Barra do Una, seguimos pela Rio-Santos até a Praia Preta. O acesso se dá por uma ruazinha, na beira da rodovia mesmo.

Fomos andar no costão rochosodo lado esquerdo da praia, logo na saída da trilha. Sem sol, as pedras estavam frias e boas para andar. A Vanessa (amiga da foto) não gostou muito da idéia… muitas baratinhas de praia passeiam pelas pedras, mas fogem assim que sentem a vibração dos nossos passos.

No dia seguinte, Maresias!

Maresias é a praia que o Luciano queria conhecer (nosso companheiro de viagem). Falada por todos por causa das ondas e dos campeonatos de surf, virou a “queridinha” de São Sebastião! São dezenas de condomínios de luxo, lojas de marcas famosas de roupas de surf, restaurantes e bares para todos os gostos e bolsos (e olha que conseguimos almoçar por R$ 12,00 cada). Pegamos um dia ótimo de praia – nem sol forte, nem nublado. Um “mormaço” que pedimos a Deus no dia anterior! 🙂

Com isso, somamos mais um post “Praias” e “Litoral Norte SP”. Espero que gostem. As fotos, como de costume, estarão no nosso álbum do Picasa.

Boa semana à todos e até!!!

Anúncios

6 Respostas to “São Sebastião/SP”

  1. Ricardo Muza 16/12/2009 às 16:22 #

    Olá, povo….

    Fazia tempo que não aparecia por aqui. Curti muito o post sobre o litoral norte. Eu, particularmente, adoro essa região. Quando morava em Santos, minha turma frequentava essas praias – alugávamos uma casa e saía baratinho. Foram vários carnavais e outros feriados.
    Conheci quase todas as praias e é difícil escolher uma.
    Abs
    Ricardo

  2. Larissa [amiga do Menduca] 21/12/2009 às 00:00 #

    Oii Ju, adorei o post! sou suspeita pois amo o Litoral Norte.
    vou até deixar uma dica pra você: quando for até a Praia Preta novamente em alta temporada e o dia for de sol, veja se tem algum barquinho que leva a galera até as Ilhas [aquelas ilhas que a gente ve bem em frente]. Lá é maravilhoso, mar azul e sem ondas, tem muuitos peixes…um lugar paradisiaco. A última vez que fui [feriado do dia 02/11/09] o rapaz do barco me cobrou R$20 [pq chorei um pouco o preço mesmo é R$25] para levar e depois buscar num horário marcado. Tem barco que sai também da Barra do Sahy com o mesmo valor.
    Um restaurante bom e barato pra se comer em Maresias é o Dadinho, não sei se você conhece já, ele fica na rua de trás da principal, bem em frente ao albergue de Maresias. Bom é isso aii.. Litral Norte só tem praias bonitas…aproveite e passe em Toque Toque Grande, o mar é verde e pra banho, você vai amar, isso se já não conhecer né hehehehe
    beijoo

  3. Amanda 04/01/2010 às 13:10 #

    Cobra de cabeça grande??? Argh!!!

    Hahahahahahaha!

    Bjs!

    • Pucca 07/01/2010 às 23:49 #

      Calma, Amanda.
      É só o nome da praia! rs
      Não vimos nenhuma cobra por lá…

      Bjo!

  4. Pousada Boiçucanga 15/12/2010 às 18:44 #

    Muito linda as praias de Boiçucanga e Maresias!

  5. André 31/01/2011 às 17:40 #

    Poxa mto louco esse fds estive no litoral norte, ficamos em Pauba uma praia depois de maresias mto bom gente legal mesmo!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: