Visconde de Mauá/RJ

6 jun

Visconde de Mauá, RJ – parte 2 de 4

O nosso segundo dia em Mauá? Foi looongo! Vou dividir o dia 02 em 2 posts, para não ficar cansativo de ler, ok?

Anoitecer em Mauá...

Anoitecer em Mauá...

Bom, no primeiro dia, como eu contei no post anterior, nós fomos dormir às 17h30. Cansados, com sono, nem vimos as horas passarem e, quando acordamos, além de estar garoando, não tinha mais nenhum lugar aberto para jantar. Ficamos batendo papo na porta das barracas mesmo…

No dia seguinte, famintos, fomos até Maringá em uma padaria que tínhamos visto no dia anterior: fica logo antes da ponte Maringá/RJ-Maringá/MG. Os preços são justos e o atendimento é bom (tem uma cerveja chamada “Serra Gelada”, não deixem de experimentar! É muito leve, feita na região e não é cara).

Depois do café, decidimos visitar o “Vale do Alcantilado”. É um complexo com 9 quedas d’água, com banheiros no início da triha e latas de lixo por todos os cantos, bem sinalizado. Você paga R$ 5,00 para entrar e o rapaz da portaria fica com um controle de quem está fazendo a trilha (se você não voltar, pelo menos alguém vai ficar sabendo! rs). Quando entra, você ganha esse mapa aqui:

Mapa do Alcantilado

Mapa do Alcantilado

A cachoeira do Alcantilado, láá longe!

A cachoeira do Alcantilado, láá longe!

De posse do mapa, começamos a nossa caminhada. São 3 km ao todo, 1,5km de ida e 1,5km de volta. Considere essa distância antes de começar, porque é uma distância que se percorre SUBINDO. Mas não tem problema, porque a maior parte da subida é leve e como tem muitas paisagens para ver, você acaba nem sentindo… Leve uma garrafa de água e vá com calçados leves. Essa foi a segunda vez que eu fui para o Alcantilado, e a segunda vez que garoou.  Não sei dizer se o tempo costuma ser chuvoso mesmo por lá, mas por via das dúvidas, vá de roupas leves, que elas secam rápido. Leve um agasalho!

Vimos que, dentro do “Vale”, tem casas para alugar, mas não ficamos sabendo o preço. Se você se interessar, o telefone é (24) 9264-5146 (horário comercial) e (24)9954-7244 (das 18h as 21h) – Falar com Lúcia.

Vista parcial do mirante

Vista parcial do mirante

Como são muitas cachoeiras, eu prometo à vocês que criarei um álbum virtual para pôr todas as fotos. A quem for, dizemos o seguinte: vale à pena. As quedas d’água são muito bonitas. Em dias de sol, pode-se tomar banho em várias delas, que estão em clareiras.

Na subida, não deixe de parar, logo depois da Cachoeira do Açude, no mirante no meio da trilha. Tem uma ótima vista das redondezas (vista verde, diga-se de passagem), e serve também para tomar um pouco d’água e descansar da subida.

Logo depois do mirante, há uma cachoeira chamada “do Lageado”, onde você

Passagem da Cachoeira do Lageado

Passagem da Cachoeira do Lageado

atravessa com a ajuda de uma corda, pois a água escorre por uma pedra quase plana (daí o nome “Lageado”). Da primeira vez que eu fui, a passagem não tinha pedras, você tinha que pisar diretamente na água. Tirávamos os tênis, pés suados e quentinhos, direto para a água fria! Brrrrr!! Agora, tá mais fácil!

Vocês vão andar por mais 4 cachoeiras, até chegar à Cachoeira do Alcantilado.  Aí vem a recompensa! Uma vista melhor que a do mirante, com direito à algumas pedras para sentar e descansar. A última subida é a mais puxada: são 365 metros (ou 350m, dependendo do caminho que você escolhe – nós fomos pelo mais longo). Aí está ela:

Cachoeira do Alcantilado

Cachoeira do Alcantilado

Depois que descemos, comemos um pastel no início da trilha. Tem uma pastelaria bem bacana, com preços justos e pastel muito bom. Recmendamos o pastel de pinhão com queijo, para quem gosta de novidades! E a porção de pinhão também é muito boa!

Apreciem a paisagem!!! Até o próximo post!

Anúncios

Uma resposta to “Visconde de Mauá/RJ”

  1. Hariel 13/06/2009 às 01:19 #

    Logo estarei postando no youtube o melhores videos da região do Alcantilado,Maringá etc.Para quem gosta muito mais de um ar mais místico e espiritualista,menos porra-loquice aconselho duas pousadas:Sítio das Astrápéias e Camping do Heleno localizados no próprio Vale do Alcantilado.É melhor reservar lugar.Não é luxo,mas sim o que deveria ser o planeta se a maioria das pessoas tivessem um equilibrio emocional e interior.Conheça essa região antes que se torne apenas um lugar de turistas avídos por novas aventuras como já está acontecendo nas demais regiões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: